Hot Deals

Viagem ao IRA

CAMINHOS PELA ROTA DA SEDA IRÃ, A ANTIGA PÉRSIA Com Plínio Gomes e Emilio Moufarrige | 09 a 22 de maio, 2018

Price € 5980 5830

Overview

CAMINHOS PELA ROTA DA SEDA
IRÃ, A ANTIGA PÉRSIA

Com Plínio Gomes e Emilio Moufarrige | 09 a 22 de maio, 2018

A Rota da Seda, expressão cunhada no século 19 pelo estudioso alemão Ferdinand von Richthofen – tornou–se o maior eixo comercial e cultural de todos os tempos além de sinônimo de exotismo, aventura, viagens a terras distantes. A seda, objeto por excelência do desejo dos ricos e poderosos da Europa e do mundo árabe, da qual os chineses dominavam os segredos de fabricação, foi escolhida como símbolo dessa imensa rede de comunicação terrestre, porém a diversidade de produtos e conhecimentos que transitaram por séculos nestas rotas imprimem um significado de rede, tão familiar à nossa visão contemporânea de intercomunicação.

O platô iraniano controlou efetivamente a via terrestre da Rota da Seda no segmento que derivava para a direção norte e para as margens do mar Cáspio.

Mas não foram apenas as rotas comerciais terrestres que interligavam a antiga Pérsia com o extremo oriente que podem ser responsabilizadas pela prosperidade das cidades persas como Isfahan, Yazd e Shiraz. Por sua posição estratégica, a Pérsia foi beneficiada pelas rotas comerciais marítimas que circulavam pelo Oceano Índico e o Golfo Pérsico, conexão mais próxima entre a Rota da Seda e os grandes mares.

ROTEIRO DETALHADO

01º dia – 09/05/2018 – São Paulo – Istambul (-/-/-)

Apresentar-se no aeroporto no dia 08/05/2018, com 3 horas de antecedência, para embarque na madrugada do dia 09, com destino à Istambul. Chegada em Istambul e conexão para Teheran. 

02º dia – 10/05/2018 – Istambul – Tehran (-/A/-)

Chegada na madrugada, na vibrante e moderna Tehran, 32ª capital do Irã e uma das cinco maiores cidades do mundo. Sua população é formada principalmente pela migração de pessoas de todas as partes do país. Transfer para hotel. Acomodação e descanso.

Almoço no hotel (incluso) e saída para um passeio de reconhecimento da cidade de Tehran. Visita à Torre Azādi ou Torre da Liberdade (Borj-e Āzādi), um dos símbolos de Tehran localizada numa área de 50.000 m² onde aconteceram as manifestações que levaram à Revolução de 1979. Em seguida conheceremos a Torre de TV Milad (Borj-e-Milad) inaugurada em 2008 em anexo ao The Tehran International Trade and Convention Center. Do alto da torre, a vista da cidade é espetacular. Pernoite em Tehran.

03º dia – 11/05/2018 – Tehran (C/A/-)

Na parte da manhã, visita às relíquias arqueológicas do Museu Arqueológico do Irã, fundado em 1937 e ao Museu da Cerâmica e do Vidro (Abguineh) que apresenta coleções de objetos de vidro e cerâmica/argila/barro desde o 4o milênio a.C. até peças do século 19. Seguimos para o Museu do Tapete e sua maravilhosa e riquíssima coleção de tapetes persas tecidos à mão das diversas regiões do Irã. Pernoite em Tehran.

04º dia – 12/05/2018 – Tehran (C/A/-)

Pela manhã visita ao complexo do Gulestan Palace, formado por diversos edifícios palacianos rodeados por belos jardins verdes. É o monumento histórico mais antigo de Tehran, que no século 16 era uma fortaleza da dinastia Safávida. Na parte da tarde, conheceremos o fantástico Museu Nacional das Joias, com a coleção das joias mais caras do mundo localizadas nos cofres o Banco Central do Irã.  Em seguida visita ao museu localizado na antiga embaixada dos Estados Unidos. Pernoite em Tehran.

05º dia – 13/05/2018 – Tehran – Shiraz (C/A/-)

Pela manhã visita ao Reza Abbasi Museum, onde se observa o desenvolvimento da arte, cultura e tecnologia do 2º milênio ao século 20 e um precioso conjunto de pinturas em tela, caligrafia e iluminuras em papel do período islâmico. Seguiremos para a parte norte de Tehran para conhecer o Saád Abad Palace, ex-palácio residencial da família real Pahlevi deposta em 1979, um dos diversos palácios do complexo, todos localizados em belos e extensos jardins. Na parte da tarde, traslado ao aeroporto para embarque em voo local, com destino à Shiraz. Cidade de clima ameno, na qual muitos poetas viveram e por isso é tida como a capital da Literatura Persa. Traslado ao hotel. Pernoite em Shiraz. 

06º dia – 14/05/2018 – Shiraz (C/A/-)

Após o café da manhã visita ao Jardim de Naranjestan o Eram, antiga residência da rica família Qavam que governou a região de Shiraz, e é um fino exemplo da arquitetura persa do século 19. Seus jardins têm sido preservados meticulosamente. Seguiremos para a impressionante mesquita Nasir-Ol-Molk (1876-1887), uma verdadeira explosão de cores com um dos melhores exemplos de ladrilhos, vitrais e arquitetura em Shiraz.  Passaremos pelas tumbas dos grandes poetas Hafez e Sa’adi, cercadas por deliciosos jardins, locais de peregrinação e reverência. Seus poemas são memorizados e cultuados por muitos iranianos. Cruzaremos a porta de Qoran, importante marco da cidade de Shiraz. À tarde podemos visitar a antiga mesquita e o Bazaar de Vakil, um conjunto de pequenas lojas do século 11, com pátios e casas de banho, e é sem dúvida, o mais fino bazar do Irã.  Por fim, visita à parte externa da Mesquita Shah Cheragh onde se localiza o mausoléu do místico iraniano Ali Ebn-e-Hamzeh. Pernoite em Shiraz

07º dia – 15/05/2015 – Shiraz – Persépolis – Shiraz (C/A/-)

Após o café da manhã, saída para visita à Naqsh-e-Rostam (67 km de Shiraz) as monumentais rochas escavadas que se supõe que sejam as tumbas de Dario, O Grande, Xerxes e Artaxerxes, cavadas nos períodos: Elamita, Aquemênida e Sassânida. Seguiremos até Persépolis (12 km de Naqsh-e Rustam) um dos mais importantes sítios arqueológicos do Mundo Antigo e foi a capital cerimonial dos reis Aquemênidas que governaram a Pérsia entre os séculos 7 e 4 a.C. Persépolis foi construída por volta de 500 a.C. e acredita-se ser o local onde Dario I recebia convidados de todas as partes do Império. Por volta de 330 a.C., foi invadida e queimada por Alexandre - o Grande e deu um fim momentâneo ao Império Persa. Foi declarada Patrimônio da Humanidade pela UNESCO em 1979. Retorno ao hotel e pernoite em Shiraz. 

08º dia – 16/05/2018 – Shiraz – Pasárgada - Yazd (C/A/-)

Após o café da manhã, viagem terrestre para Yazd (337 km) com parada no caminho para visita à Pasárgada, cidade fundada no século 6 por Ciro II, o Grande na região de Pars, centro do império persa, e tornou-se a primeira capital da dinastia Aquemênida. Seus palácios e jardins, assim como o mausoléu dedicado a Ciro, constituem não só uma mostra excepcional da primeira fase da arte e arquitetura Aquemênida, mas também um testemunho exemplar da civilização persa. Passagem pela pequena cidade-oásis de Abarkouh, importante ponto de parada durante a Rota da Seda. Um de seus highlights é o reverenciado cipreste de 4000 anos. Chegada à Yazd, cidade de uma história tranquila e notável por sua reputação de centro de tecelagem de seda durante o tempo da Rota da Seda. Marco Polo em seus relatos de viagem chamou Yazd de “Boa e nobre cidade”.  Fundada no século 5, sua localização isolada e o clima desértico fez com que se tornasse um dos maiores assentamentos, protegendo-a das ondas de invasão que destruíram outras cidades com localizações mais favoráveis. Yazd significa “banquete e oração”. Acomodação e pernoite em Yazd.  

09º dia – 17/05/2018 – Yazd (C/A/-)

Após o café da manhã iniciaremos a visita pelas Torres do Silêncio, normalmente construídas sobre colinas, afastadas das cidades até o século 20. Entre os seguidores do Zoroastrismo o corpo era considerado impuro e era proibido enterrar ou cremar os cadáveres para não poluir a terra e o ar, por esta razão, os deixavam no topo das Torres do Silêncio onde serviam de alimento para os abutres e outros animais e seriam purificados pelo sol e pelo vento. Em seguida iremos para o Templo do Fogo, dedicado a Zoroastro que viveu na Pérsia entre 1000 e 600 a.C. e fundou o Zoroastrismo, reconhecida como a primeira religião a promover o monoteísmo.  Passaremos pela praça Amir-Chakmak um dos pontos principais de Yazd. Visita à Jame Moske construída no século 12 e uma das mais bem preservadas do Irã. Continuaremos com um walking tour pelas ruelas e suas edificações em adobe, e observar as inúmeras Torres dos Ventos, antigo e criativo sistema persa de construção para a ventilação e a refrigeração dos edifícios.  Finalizaremos nosso dia de passeio no Dowlat Abad Gardens, clássico jardim persa murado, alimentado por um qanat (sistema de irrigação) e com o mais alto badgir (Torre do Vento) do país, que resfriava a residência do Khan que o criou. Pernoite em Yazd

10º dia – 18/05/2018 – Yazd – Isfahan (C/A/-)

Após o café da manhã viagem terrestre (300 km) para Isfahan com visita ao Museu da Água, onde é possível aprender sobre sistema de qanats (sistema de canais subterrâneos de água criados pelos persas) que até hoje traz água das montanhas para a cidade usando a força da gravidade. Isfahan ou Esfahan possui uma arquitetura singular e bulevares arborizados. Foi a capital do país durante a dinastia Safávida, no século 18. Visita à Mesquita Nain Jame, a maior e mais importante mesquita congregacional de Nain. Apesar de a mesquita ser uma das mais antigas do Irã (século 9), continua em uso e é protegida pela Organização do Patrimônio Cultural do Irã. Pernoite em Isfahan.

11º dia – 19/05/2018 – Isfahan (C/A/-)

Após o café da manhã, visita às históricas pontes sobre o Rio Zayendeh que cruza Isfahan.

Seguiremos para Maidan-E Nagsh-E Jahan (Praça Iman), esta gigantesca praça que perde em tamanho para a Praça da Paz Celestial em Beijing, localiza-se no centro de Isfahan. Esse conjunto gracioso, com lago e charretes, foi construído por Shah Abbas, o Grande no século 17 quando ele mudou a capital para esta cidade. Este patrimônio da Unesco era o centro simbólico do império Safávida. Algumas das edificações que fazem parte do conjunto da praça e vamos conhecer são: a fabulosa Mesquita Iman, a preciosa Mesquita do xeique Lotfollah, o Palácio timúrida Ali Qapu (século 15) e o pórtico e bazar Quaisarieh, em 2 pisos. Pernoite em Isfahan.

12º dia – 20/05/2018 – Isfahan (C/A/-)

Após o café da manhã, visita ao complexo da Catedral de Vank (All Saviours) no antigo bairro armênio de Julfa, em cuja área se localiza o Museu Armênio; a Mesquita da Sexta-feira ou Masjid-e-Jameh, o belíssimo ChehelSotun Palace com suas 40 colunas e o Hasht Behesht Imamzadeh (Palácio dos 8 Paraísos). Após o tour, tempo livre.   

13º dia – 21/05/2018 – Isfahan – Istambul (C/-/-)

Em horário a ser determinado, traslado para o aeroporto internacional de Isfahan. Embarque em voo com destino a Istambul.  Chegada em Istambul e traslado ao hotel. Tempo livre. 

14º dia – 22/05/2018 – Istambul – São Paulo (-/-/-)

Em horário a ser determinado, traslado para o aeroporto internacional de Istambul e embarque em voo para São Paulo.

Inclusion

  • Acompanhamento do especialista, prof. Plinio Gom
  • Acompanhamento do guia Emilio Moufarrige;
  • Traslados aeroporto/hotel/aeroporto compartilhad
  • Passagem aérea Tehran / Shiraz;
  • Assistência de viagem (Classic da Assit-Card);
  • Hospedagem conforme mencionada, com café da manhã;
  • Refeições mencionadas como incluídas
  • Taxas e transporte quando necessário

Exclusion

  • Passagem aérea internacional e taxa de embarque
  • Traslados de chegada
  • Early check-in ou late check-out
  • Upgrades de hotel ou apartamentos
  • Visto para o Irã
  • Despesas pessoais
  • Visitas não citadas como inclusas
  • Refeições e bebidas não citadas como inclusas
  • Qualquer outro item não mencionado como incluso
  • Gorjetas

Terms & Conditions

*VISTOS: Brasileiros necessitam de visto.
*VACINAS: Não é necessária.
*PASSAPORTE: Validade mínima de 6 meses contados a partir da data final da viagem.

*Nota: O especialista e/ou guia não necessariamente retornarão ao Brasil nas mesmas datas e voos do grupo;

*Nota: Para horários de voos diferentes do grupo, será necessário acrescentar valor suplementar para traslado privativo;

*Todos os passeios citados em serviço privativo com acompanhamento de guia de língua inglesa ou espanhola (conforme disponibilidade) de cada cidade, taxas e transporte quando necessário;

Photo Gallery

Price Guideline